domingo, 19 de agosto de 2012

Estrelas



só duas
arrastam a superfície prateada
as outras são inúmeras quase invisíveis
mas são
outras     muitas

só duas escorrem espuma
enrolam-se como uma
e espalham-se na areia
dura

macera este mar     a areia e a bruma
que encerra noites longas


Inez Andrade Paes

Sem comentários:

Publicar um comentário