sábado, 19 de novembro de 2016

                 Foto: Xosé Lois Garcia



continuam assim os campos
rasos de tanto
rasos de tudo
e na imensidão a que se aprofundam
as lesmas            aquelas miseráveis e adoráveis lesmas
fixam-se às pás de ferro
que sulcam profundas e largas linhas
num solo que não precisa
num solo que imundo
se altera naturalmente sem precisar de ângulos obtusos e parcelas

sabes os que sinto
o corpo aberto
o estômago com as vísceras de fora e à espera
vómitos

uma aprendizagem como cada sulco na terra


Inez Andrade Paes in por editar - antes que morra (no prelo)




Sem comentários:

Publicar um comentário