quinta-feira, 2 de julho de 2015



uma mão chega
acarinha             mesmo do silêncio
e o olhar
do horizonte em fogo

Inez Andrade Paes

Sem comentários:

Publicar um comentário