terça-feira, 29 de novembro de 2011

Essência de nuances

Ao poeta Virgílio de Lemos que faz anos hoje



folhas de cores
folhas de cores de luz
abrem o tom
conforme o dia

juntam-se e arrefecem na noite fria
quase soltando-se

mas são perenes

como as nossas mãos
desde o dia em que se deram

Inez AndradePaes

domingo, 27 de novembro de 2011

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

UM DIA ASSIM

prefiro varrer as folhas com os pés
fechar os olhos e guardar a chuva
para suar depois
pelas pontas dos dedos
como gotas de orvalho
a lavar o chão da eira
com restos de grãos esquecidos
a aguardar os bicos das Rolas
nos primeiros raios de Sol

Inez Andrade Paes